Juiz e servidora de MS falam sobre Família Acolhedora em Minas Gerais

Na última semana, o juiz Deni Luis Dalla Riva, da 2ª Vara Cível de Camapuã, e a assistente social Dirlene Cola estiveram no município de Araxá (MG) para falar sobre Família Acolhedora – um serviço destinado a crianças e adolescentes, temporariamente afastados dos pais biológicos por determinação judicial, que são colocadas em famílias da própria comunidade.  Neste ambiente, elas encontram nessas famílias amor e afeto, sentimentos básicos no ambiente familiar e fundamental para ajudá-los a enfrentar o fato de estarem longe de suas famílias biológicas. Importante lembrar que as famílias acolhedoras são previamente selecionadas, capacitadas, remuneradas e acompanhadas durante e ao final do acolhimento. O convite para a visita foi do Grupo de Apoio à Adoção Aquecendo Vidas, daquele município, por ocasião do lançamento do projeto naquela cidade. O juiz falou sobre o trabalho realizado em território sul-mato-grossense para membros do Legislativo, Executivo e Judiciário e a servidora apresentou as formas de trabalho para as equipes da rede de proteção do município mineiro. Destaque-se que a comarca de Camapuã é referência quando o assunto é acolhimento familiar, pois possui o serviço há mais de 15 anos, com o apoio da prefeitura. No município, todas as crianças e adolescentes afastadas dos genitores, por determinação judicial, ficam com famílias que fazem parte do programa.
14/05/2019 (00:00)
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Visitas no site:  37819